FT-CI

Seção

Política Internacional





  • Ucrania

    Uma ordem mundial em disputa na Ucrânia

    17.09.2014 Como resposta ã crescente implicação militar russa no conflito ucraniano, a Aliança do Atlà¢ntico (OTAN) se prepara para acelerar seus planos de criar uma força de reação rápida, com equipamentos leves e composta por “vários milhares” de soldados, capazes de serem destacados em pouco tempo contra potenciais agressões russas. Em meio ã próxima reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas, as forças ucranianas perderam diversos pontos estratégicos para os separatistas, como a cidade de Novoazovsk (próximo ao porto de Mariúpol no mar de Azov, principal cidade de Donetsky) e o aeroporto da província de Lugansk. Isto fortaleceu o discurso do presidente russo Vladimir Putin para que o governo de Kiev aceite a exigência de maior autonomia para as províncias de fala russa na Ucrânia, ao qual o governo de Poroshenko se nega, anunciando levar para Washington a exigência de que os rebeldes pró-russos sejam reconhecidos como “organizações terroristas”.

    AUTOR André Augusto | ORGANIZAÇÃO LER-QI (Liga Estratégia Revolucionária) do Brasil
  • ACORDO NO CAIRO

    Ganhadores e perdedores da operação Margem Protetora em Gaza

    28.08.2014 Em 26 de agosto o presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas, anunciava que os palestinos e israelenses no Cairo haviam chegado a um acordo de cessar-fogo permanente no Cairo. Dessa maneira chegaria ao fim a operação Margem Proterora, a ofensiva militar mais longa e sangrenta das quatro levadas adiante pelo estado de Israel desde que se retirou da Faixa de Gaza em 2005.

    AUTOR Claudia Cinatti | ORGANIZAÇÃO PTS (Partido de los Trabajadores Socialistas/ Partido dos Trabalhadores Socialistas) da Argentina
  • OFENSIVA IANQUE NO IRAQUE

    A guerra sem fim dos Estados Unidos

    17.08.2014 Enquanto o presidente Obama goza de suas férias, aviões e drones americanos novamente jogam toneladas de bombas sobre o Iraque. Esta nova aventura militar dos Estados Unidos começou na sexta-feira, dia 8 de agosto, e tem como objetivo frear o avanço do chamado Estado Islà¢mico de Iraque e do Levante, ou o próprio Estado Islà¢mico, que desde junho tomou cerca de um terço do território sírio e um quarto do território iraquiano.

    AUTOR Claudia Cinatti | ORGANIZAÇÃO PTS (Partido de los Trabajadores Socialistas/ Partido dos Trabalhadores Socialistas) da Argentina
  • A crise do Ebola: Uma Herança do capitalismo e colonialismo.

    12.08.2014 No último mês tem sido freqüentes as informações acerca do pior surto de infecção pelo vírus Ebola já registrado e que assola a região Oeste do continente Africano. Localizado em nações extremamente pobres da região, como Serra Leoa, Libéria e Guiné com pontos também na Nigéria, o surto de infecção já matou mais de mil pessoas, infectou uma parcela ainda maior e levou a OMS (Organização mundial de Saúde) a declarar “estado de emergência de gravidade internacional” cujas repercussões levaram a restrições de vôos e viagens de pessoas para a região afetada.

    | ORGANIZAÇÃO LER-QI (Liga Estratégia Revolucionária) do Brasil
  • OFENSIVA EM GAZA

    Os acordos de “rendição incondicional” dos palestinos depois do massacre em Gaza

    08.08.2014 No dia 5 de agosto, quase um mês depois do início da ofensiva de Tel-Aviv sobre a Faixa de Gaza, o Exército de Israel, a milícia do Hamas e distintos grupos islà¢micos concluíram uma trégua de 72 horas. Em meio a reiteradas advertências do secretário de Estado norteamericano, John Kerry, de que “ambas as partes devem ceder para chegar a um acordo de cessar-fogo duradouro” (momentos depois de os EUA conceder US$ 230 milhões de dólares para que o Exército israelense continuasse operando contra o povo palestino), as negociações no Egito culminaram na retirada das tropas israelenses do território da Faixa de Gaza. No twitter do Exército de Israel publicava-se a mensagem “missão cumprida” (referindo-se ã destruição dos “túneis terroristas” do Hamas, que facilitavam a aproximação com o território de Israel). Em verdade, os resultados são 1.881 palestinos mortos (1400 civis, com 400 crianças), 9.563 feridos, 520.000 palestinos desalojados e um rastro de destruição de boa parte da infraestrutura da Faixa, com edifícios, sistemas de distribuição de água e eletricidade, hospitais, escolas e centrais elétricas danificadas ou inutilizadas, num valor total de US$ 5 bilhões[1]. Israel se aplicou a atacar inclusive as escolas de refugiados da ONU (que abrigam quase 300.000 palestinos) matando centenas de pessoas. Do lado israelense, são 67 mortos (64 soldados e três civis): mais uma vez, não se trata de uma “guerra”, mas de um massacre, o maior em décadas deste exército opressor apoiado numa ocupação colonialista do território histórico da Palestina.

    AUTOR André Augusto | ORGANIZAÇÃO LER-QI (Liga Estratégia Revolucionária) do Brasil
  • Ofensiva militar contra Gaza

    Querem uma trégua para dobrar os palestinos

    30.07.2014 O número de mortos e feridos pelo Estado de Israel segue em franco aumento. O exército sionista bombardeou hospitais, escolas, mesquitas e até um grupo de crianças. Já assassinaram mais de 1.000 palestinos, feriram outros 4.000 e há dezenas de milhares de refugiados. 70% dos mortos são civis e mais de 20% crianças.

    AUTOR Diego Dalai | ORGANIZAÇÃO PTS (Partido de los Trabajadores Socialistas/ Partido dos Trabalhadores Socialistas) da Argentina
  • Vergonhoso vídeo sobre o massacre de Israel em Gaza

    Brasil: O PSOL e a posição escandalosa de sua candidata Solange Pacheco

    29.07.2014 Está circulando pelas redes sociais um vídeo e textos da candidata pelo PSOL a deputada federal do Rio de Janeiro, Solange Pacheco, que é uma verdadeira afronta a todos os que se consideram de esquerda. No vídeo, Solange Pacheco, se apresenta como candidata do PSOL, e afirma ter “um firme propósito de expressar sua indignação contra os ignorantes que estão crucificando Israel”.

    AUTOR Simone Ishibashi | ORGANIZAÇÃO LER-QI (Liga Estratégia Revolucionária) do Brasil
  • POR UMA PALESTINA LIVRE, LAICA E SOCIALISTA

    Querem uma trégua para dobrar os palestinos

    25.07.2014 O número de mortos e feridos pelo Estado de Israel segue em franco aumento. O exército sionista bombardeou hospitais, escolas, mesquitas e até um grupo de crianças. Já assassinaram mais de 1.000 palestinos, feriram outros 4.000 e há dezenas de milhares de refugiados. 70% dos mortos são civis e mais de 20% crianças. Dura resistência da população da Faixa Desde que começou a invasão terrestre, as mortes do lado israelense começaram a aumentar. Ao fechamento desta edição haviam morrido 32 soldados em combates de rua dentro da Faixa, e 3 civis. O lançamento de foguetes em Israel, praticamente a única arma (muito rudimentar e de efeito destrutivo escasso) com que conta o Hamas para se defender, não pôde ser detida ainda pela incursão terrestre.

    AUTOR Diego Dalai | ORGANIZAÇÃO PTS (Partido de los Trabajadores Socialistas/ Partido dos Trabalhadores Socialistas) da Argentina
  • DECLARAÇÃO DA FT-QI SOBRE O ATAQUE ISRAELENSE A GAZA

    Declaração da FT-QI: Basta de ataques de Israel contra o povo palestino!

    19.07.2014 Depois de uma semana de bombardeios brutais contra a população civil de Gaza, que deixou um saldo de pelo menos 172 mortos (entre eles 36 crianças), mais de 1500 feridos, o governo israelense do direitista Benjamin Netanyahu continua com a operação “Margen Protector”, enquanto avalia a trégua proposta pelo governo golpista do Egito.

  • NÃO AO GENOCÍDIO DO POVO PALESTINO!

    O “pogrom ” palestino como política de Estado

    13.07.2014 A ofensiva israelense sobre Gaza já deixou mais de 121 mortos, e 900 feridos, tendo despejado 800 toneladas de bombas. Somente no dia 11/07 foram assassinadas 22 crianças. Combina-se a isso uma prisão massiva de 400 palestinos, sem qualquer alegação. Simplesmente por serem palestinos. Estamos frente a um novo capítulo da política genocida levada adiante pelo Estado sionista de Israel. Agora, o governo israelense chefiado por Benjamin Nethanyahu anuncia que realizará uma nova ofensiva terrestre, evidentemente sob o beneplácito do imperialismo norte-americano, bem como dos europeus.

    AUTOR Simone Ishibashi | ORGANIZAÇÃO LER-QI (Liga Estratégia Revolucionária) do Brasil
  • POR UMA SAÍDA INDEPENDENTE DOS TRABALHADORES

    Aprofunda-se a crise na Ucrânia

    15.05.2014 A crise na Ucrânia segue escalando, tanto no plano político como em terra onde continuam os enfrentamentos com dezenas de mortos e feridos. Domingo, 11 de maio, ocorreram dois referenduns independentistas nas regiões de Donetsk e Lugansk no leste do país. Estes comícios tiveram uma participação aproximada de 75% e ganhou a opção de independentizar-se do governo central de Kiev com 86%. Com este aval os dirigentes de ambas regiões declararam a República Popular de Donetsk e a República Popular de Lugansk e anunciaram o início de conversações para unificar ambas regiões em uma única unidade política que poderia chamar-se Nova Rússia e que tentaria se anexar ã Rússia de Putin.

    AUTOR Diego Dalai | ORGANIZAÇÃO PTS (Partido de los Trabajadores Socialistas/ Partido dos Trabalhadores Socialistas) da Argentina
  • DECLARAÇÃO DA FRAÇÃO TROTSKISTA SOBRE A UCRÂNIA

    Ucrânia. Crise política e disputa entre as potências imperialistas e a Rússia

    10.04.2014 As mobilizações que sacudiram a Ucrânia desde novembro passado e terminaram com a destituição de Yanukovich e a instauração de um governo pró-ocidental, abriram uma crise de magnitude que superou as fronteiras do país convertendo-se em um conflito internacional no qual intervêm ativamente os imperialismos norte-americano e europeus por um lado, e a Rússia pelo outro. Este conflito, que gerou a tensão mais importante entre a Rússia e o Ocidente desde a queda da URSS, teve seu ponto mais alto com a anexação da Criméia por parte da Rússia e hoje continua nas negociações entre o secretario de estado norteamericano e seu par russo sobre o futuro da Ucrânia, no marco de um clima de tensão, como mostram as mobilizações – ainda que minoritárias – no leste do país reivindicando a unificação com a Rússia. A ingerência direta do Ocidente e de Moscou não representa nenhuma saída progressiva para os trabalhadores e o povo da Ucrânia.

  • UCRÂNIA

    A disputa entre a Rússia e as potências imperialistas

    08.03.2014 Na última semana a Ucrânia se transformou em um campo de batalha do que muitos analistas já chamam de uma “nova guerra fria” entre os Estados Unidos (e a União Europeia) por um lado, e a Rússia por outro, em que estão em jogo importantes interesses econômicos e geopolíticos. As potências imperialistas estão tentando capitalizar a queda do governo pró-russo Yanukovich e sua substituição por um governo pró-europeu para arrancar a Ucrânia da órbita de influencia da Rússia e alinhá-la com os interesses dos Estados Unidos e da UE, o que inclui a expansão militar da OTAN até as fronteiras russas. Como resposta, o presidente Vladimir Putin deslocou dezenas de milhares de soldados na fronteira ocidental com a Ucrânia e incrementou a presença militar na península da Crimeia. Esta foi uma mensagem de Putin de que não vai cair de braços cruzados olhando como as potências ocidentais tecem um cerco em torno da Rússia.

    AUTOR Claudia Cinatti | ORGANIZAÇÃO PTS (Partido de los Trabajadores Socialistas/ Partido dos Trabalhadores Socialistas) da Argentina
  • Entrevistamos Christian Castillo e Claudia Cinatti, depois do giro internacionalista pela Europa

    “Qualquer faísca pode incendiar o celeiro"

    19.02.2014 Durante o mês de janeiro Christian Castillo e Claudia Cinatti realizaram uma intensa atividade política pela Europa. Entrevistaram-se com os principais dirigentes das forças que se reivindicam da esquerda anticapitalista nos distintos países nos quais estiveram e com referentes da esquerda sindical e intelectual. Por sua parte, Castillo participou em onze mesas-debate públicas em sete cidades (Londres, Berlim, Toulouse, Barcelona, Madri, Atenas e Paris) para transmitir a experiência da FIT e do PTS na Argentina. O LVO [La Verdad Obrera, periódico do PTS] conversou com eles acercadas conclusões tiradas a partir da viagem.

    AUTOR PTS, Argentina | ORGANIZAÇÃO PTS (Partido de los Trabajadores Socialistas/ Partido dos Trabalhadores Socialistas) da Argentina
  • FRENTE DE ESQUERDA - FIT

    Viagem internacionalista de Christian Castillo pela Europa

    10.02.2014 Durante o mês de janeiro Christian Castillo estará visitando vários países da Europa para conhecer em primeira mão a situação do movimento operário e da esquerda num dos epicentros da crise capitalista. Além disso, esta viagem política tem como objetivo difundir a experiência da esquerda revolucionária na Argentina, tanto o trabalho político do PTS na classe operária e na juventude como a intervenção na FIT [Frente de Izquierda de los Trabajadores – frente eleitoral e política que reúne o PTS, o PO e a Izquierda Socialista que obteve em outubro mais de 1,2 milhão de votos e elegeu vários parlamentares], em particular a utilização revolucionária dos postos parlamentares para desenvolver a luta dos explorados, tarefa que está estreitamente ligada ã batalha pela construção de um partido de combate, assentado na luta de classes.

    AUTOR PTS, Argentina | ORGANIZAÇÃO PTS (Partido de los Trabajadores Socialistas/ Partido dos Trabalhadores Socialistas) da Argentina
  • Argentina: Condenam ã prisão perpétua os trabalhadores petroleiros de Las Heras

    Dia 5 de fevereiro manifestemos nossa solidariedade internacionalista!

    04.02.2014 No dia 12 de dezembro, o juiz de Caleta Olivia, na Argentina condenou três trabalhadores ã prisão perpétua pela morte do policial Sayago em um levante de 2006, na mais dura condenação contra trabalhadores desde 1983. Trata-se de um julgamento completamente injusto, declarado duas vezes nulo.

    AUTOR LER-QI, Brasil | ORGANIZAÇÃO LER-QI (Liga Estratégia Revolucionária) do Brasil
  • Solidariedade Internacional

    Abaixo-assinado pela absolvição dos petroleiros de Las Heras, Argentina

    01.02.2014 Nós, abaixo-assinado, repudiamos as injustas condenações ordenadas pelo tribunal de Caleta Olivia, no dia 12 de dezembro contra nove trabalhadores petroleiros de Las Heras, Santa Cruz, dos quais 4 foram condenados a prisão perpétua, um deles por ser menos de idade no momento dos fatos, derivou num regime especial, e a cinco anos de prisão com os cargos de coação agravada.

    AUTOR Comite de Apoyo Absolución de los Petroleros de Las Heras | ORGANIZAÇÃO LER-QI (Liga Estratégia Revolucionária) do Brasil
  • Outro aspecto do debate com a LIT-QI

    Os marxistas frente ã guerra civil e o caso sírio

    11.12.2013 Depois de lançar uma longa polêmica contra nossa corrente internacional, a FT-QI, sob o título de “Exigir ou não armas ao imperialismo?” para justificar seu apoio ás forças rebeldes cuja principal expressão é o Exército Livre Sírio (ELS), e ante nossa resposta em “A LIT-QI se afunda no complexo cenário sírio”, esta corrente encabeçada pelo PSTU brasileiro, não respondeu seriamente nenhum de nossos principais argumentos que demonstram como se equivocam na analogia com a guerra civil espanhola, como sua lógica de “revolução democrática” os leva a se adaptar ao campo burguês rebelde apoiado pelo imperialismo e a levantar um programa puramente democrático.

    AUTOR Diego Dalai , Simone Ishibashi | ORGANIZAÇÃO PTS (Partido de los Trabajadores Socialistas/ Partido dos Trabalhadores Socialistas) da Argentina LER-QI (Liga Estratégia Revolucionária) do Brasil
  • O exército e seus parceiros civis promulgam uma lei antiprotesto

    Egito: As mobilizações desafiam a repressão do governo

    10.12.2013 O governo provisório cívico-militar egípcio promulgou nos últimos dias de novembro uma nova lei antidemocrática e repressiva. A lei “antiprotesto” (como é chamada pelos manifestantes) dita que toda reunião com mais de 10 pessoas deve ser autorizada pelo governo, fazendo de qualquer manifestação um ato ilegal.

    AUTOR Diego Sacchi | ORGANIZAÇÃO PTS (Partido de los Trabajadores Socialistas/ Partido dos Trabalhadores Socialistas) da Argentina
  • TENSÃO NA áSIA

    O que está por trás da escalada de tensões entre a China e o Japão?

    07.12.2013 No final de novembro, a China anunciou o que se chamou de “zona de identificação de defesa aérea”, que recobre oito ilhas no Mar da China Oriental (conhecidas como Ilhas Senkaku no Japão, e ilhas Diaoyu na China) disputadas entre a China e o Japão, e abrangendo zonas de defesa aérea do Japão e da Coréia do Sul.

    AUTOR André Augusto | ORGANIZAÇÃO LER-QI (Liga Estratégia Revolucionária) do Brasil
  • Debate sobre a guerra civil na Síria

    A LIT-QI se afunda no complexo cenário sírio

    14.11.2013 O processo revolucionário que começou na Tunísia e se estendeu pelo norte da África a Líbia e Egito chegando ao Iêmen e Síria se encontra estancado e em retrocesso, inclusive nos países que havia conseguido derrubar os ditadores, ainda que de nenhum modo se fechou pois sua profundidade se assenta sobre um estancamento econômico da região, expressão da crise financeira internacional, que alenta o desenvolvimento do movimento de massas impulsionado por uma combinação de demandas democráticas e sociais. Disso deriva a importância dos debates que se desenvolvem entre as correntes de esquerda na hora de estabelecer uma estratégia revolucionária da classe trabalhadora.

    AUTOR Diego Dalai , Graciela López Eguía | ORGANIZAÇÃO PTS (Partido de los Trabajadores Socialistas/ Partido dos Trabalhadores Socialistas) da Argentina
  • BRASIL E EUA

    Espionagem e leilões: dependência e subordinação ao imperialismo

    01.10.2013 Nas últimas semanas, chamou a atenção da população brasileira a espionagem do governo norte-americano, através de sua Agência Nacional de Inteligência (NSA), aos e-mails da presidente Dilma e da Petrobras. Dilma, em conversa e acordo com Obama, cancelou temporariamente a viagem, mas deixando explícito que os acordos bilaterais fundamentais serão mantidos. Se em seu discurso de abertura da Conferencia da ONU, Dilma disse que a “ espionagem viola os direitos humanos”

    AUTOR Francisco Pontes | ORGANIZAÇÃO LER-QI (Liga Estratégia Revolucionária) do Brasil
  • SÍRIA

    A crise Síria e a necessidade de uma política revolucionária

    26.09.2013 Nas últimas semanas a guerra civil na Síria se colocou novamente no centro do cenário internacional, tendo sido o alvo de ameaças por parte de Barack Obama de uma criminosa ofensiva imperialista. Porém, os planos assassinos do imperialismo norte-americano foram colocados em xeque. A grande crise instalada na coalizão apoiadora dos Estados Unidos forçou o recuo de Obama. Primeiro foi o governo de Cameron, que sofreu uma dura derrota no parlamento que negou-se a apoiar esta empreitada. Em seguida deu-se a frustração do apoio da comunidade internacional durante a cúpula do G20 em São Petersburgo em 5 e 6 de setembro, em que 10 países participantes declararam apoio praticamente “moral”, sem se comprometer a atuar no ataque, questão que apenas a França e a Turquia declararam que fariam.

    AUTOR Simone Ishibashi | ORGANIZAÇÃO LER-QI (Liga Estratégia Revolucionária) do Brasil
  • ESTADOS UNIDOS NA SÍRIA

    Síria, como revelador da crise hegemônica norteamericana

    25.09.2013 As dificuldades que encontraram os projetos bélicos de Obama (e seu cãozinho Hollande) na atual crise síria atuaram como um revelador, forte, eloquente, da crise de hegemonia dos Estados Unidos, como principal potência que domina e controla as coordenadas políticas e geopolíticas dos sistema capitalista mundial.

    AUTOR Juan Chingo | ORGANIZAÇÃO CCR-4 (Courant Communiste Révolutionnaire - Plateforme Z dans le NPA/ Corrente Comunista Revolucionária- Plataforma Z do NPA), da França
  • Conferência internacional da Fração Trotskista - Quarta Internacional

    Crises econômicas, luta de classes e as tarefas dos revolucionários

    22.08.2013 Em 18 de agosto iniciou-se, em Buenos Aires, uma nova Conferência da Fração Trotskista – Quarta Internacional (FT-QI). A FT-QI é a organização internacional da qual faz parte o Partido dos Trabalhadores Socialistas (PTS) da Argentina junto a distintas organizações da América Latina e Europa.

  • Domingo 25 de Agosto 16hs | Estádio coberto de Atlanta

    Ato Internacionalista

    22.08.2013 Com a presença de dirigentes socialistas internacionalistas, operários e da juventude do Brasil, Chile, Bolívia, México, Venezuela, França, Alemanha, Estado espanhol, Costa Rica, Uruguay e Argentina.

  • Internacional

    Rebelião na Turquia

    07.06.2013 A situação aberta na Turquia mostra uma vez mais que, quando há mato seco, uma faísca é o suficiente para acender uma fogueira política.

    AUTOR Claudia Cinatti
  • INVASÃO NO MALI

    Abaixo a intervenção francesa no Mali!

    23.01.2013 «Senhoras e senhores, o Mali faz frente ã uma agressão de elementos terroristas, vindos do norte, sobre cuja brutalidade e fanatismo o mundo inteiro está a par». É assim que François Hollande apresentou, em 11 de janeiro, a máquina de guerra tricolor que foi colocada em marcha.

    AUTOR Philippe Alcoy
  • Declaração Fração Trotskista - QI

    Fim ao bombardeio israelense contra Gaza!

    21.11.2012 Desde o dia 14 de novembro, o Estado de Israel iniciou brutais ataques diários, com bombardeios aéreos e navais, contra a Faixa de Gaza, assassinando Ahmed Jabbari, um dos principais líderes do HAMAS, a mais de cem palestinos, dentre os quais civis e crianças, e causando centenas de feridos.

  • ATAQUE SIONISTA À PALESTINA

    Abaixo o ataque sionista contra o povo palestino!

    17.11.2012 Em uma nova operação militar contra o povo palestino na Faixa de Gaza, o exército do Estado sionista de Israel assassinou Ahmed Yabari, chefe militar do Hamas, partido islà¢mico que tem grande apoio popular e governa a Faixa desde 2006.

    AUTOR Diego Dalai
  • ELEIÇÕES NOS ESTADOS UNIDOS

    Os fundamentos da vitória de Obama

    12.11.2012 Após uma campanha muito concorrida e caríssima, na qual os dois principais partidos da burguesia imperialista norte-americana gastaram milhares de milhões de dólares na disputa pela Casa Branca, o presidente democrata Barack Obama se impôs a seu rival republicano...

    AUTOR Claudia Cinatti
  • NOVAS INTERVENÇÕES MONETáRIAS DO FED E DO BCE, PLANO DE ESTÍMULO CHINÊS

    Um flashback de 2009, mas sem muito sucesso

    27.09.2012 As recentes decisões do FED(Banco Central dos Estados Unidos), do BCE(Banco Central Europeu) e das autoridades chinesas confirmam o estado perigoso da economia mundial.

  • Brasil - Liga Estratégia Revolucionária

    Realizou-se o III Congresso da LER-QI

    30.08.2012 Em meio a um cenário internacional de desenvolvimento e aprofundamento da crise econômica internacional, que cada vez mais se combina com fortes mobilizações internacionais da juventude e em lutas dos trabalhadores (ainda incipientes, mas que mostram toda a força), nos dias 19, 20 e 21 de Agosto se realizou o III Congresso da Liga Estratégia Revolucionária – Quarta Internacional (LER-QI).

    AUTOR LER-QI, Brasil
  • Integração latinoamericana?

    Diante da Cúpula em Brasília: Venezuela entra no Mercosul

    09.08.2012 Novos negócios para os burgueses, novas migalhas para os trabalahadores Os presidentes reunidos em Brasília têm feito um chamado aos seus empresários para aproveitarem esta grande oportunidade de negócios, colocando-os como atores centrais desta integração, agitando as bandeiras da cooperação e complementaridade produtivas. São os mesmos agentes que exploram dia-a-dia os trabalhadores brasileiros, argentinos, venezuelanos etc.

    AUTOR Isabel Infanta
  • Dilma, de visita nos Estados Unidos

    Uma relação entre iguais?

    13.04.2012 Um dos fatos de relevância desta semana foi a visita Dilma Rousseff, presidente do Brasil, aos Estados Unidos. Algumas expectativas se gerarm em torno ao encontro entre as duas principais economías do hemisfério, mas as agendas políticas finalmente geraram pouco entusiasmo.

    AUTOR Isabel Infanta

Jornais

  • EDITORIAL

    PTS (Argentina)

  • Actualidad Nacional

    MTS (México)

  • EDITORIAL

    LTS (Venezuela)

  • DOSSIER : Leur démocratie et la nôtre

    CCR NPA (Francia)

  • ContraCorriente Nro42 Suplemento Especial

    Clase contra Clase (Estado Español)

  • Movimento Operário

    MRT (Brasil)

  • LOR-CI (Bolivia) Bolivia Liga Obrera Revolucionaria - Cuarta Internacional Palabra Obrera Abril-Mayo Año 2014 

Ante la entrega de nuestros sindicatos al gobierno

1° de Mayo

Reagrupar y defender la independencia política de los trabajadores Abril-Mayo de 2014 Por derecha y por izquierda

La proimperialista Ley Minera del MAS en la picota

    LOR-CI (Bolivia)

  • PTR (Chile) chile Partido de Trabajadores Revolucionarios Clase contra Clase 

En las recientes elecciones presidenciales, Bachelet alcanzó el 47% de los votos, y Matthei el 25%: deberán pasar a segunda vuelta. La participación electoral fue de solo el 50%. La votación de Bachelet, representa apenas el 22% del total de votantes. 

¿Pero se podrá avanzar en las reformas (cosméticas) anunciadas en su programa? Y en caso de poder hacerlo, ¿serán tales como se esperan en “la calle”? Editorial El Gobierno, el Parlamento y la calle

    PTR (Chile)

  • RIO (Alemania) RIO (Alemania) Revolutionäre Internationalistische Organisation Klasse gegen Klasse 

Nieder mit der EU des Kapitals!

Die Europäische Union präsentiert sich als Vereinigung Europas. Doch diese imperialistische Allianz hilft dem deutschen Kapital, andere Teile Europas und der Welt zu unterwerfen. MarxistInnen kämpfen für die Vereinigten Sozialistischen Staaten von Europa! 

Widerstand im Spanischen Staat 

Am 15. Mai 2011 begannen Jugendliche im Spanischen Staat, öffentliche Plätze zu besetzen. Drei Jahre später, am 22. März 2014, demonstrierten Hunderttausende in Madrid. Was hat sich in diesen drei Jahren verändert? Editorial Nieder mit der EU des Kapitals!

    RIO (Alemania)

  • Liga de la Revolución Socialista (LRS - Costa Rica) Costa Rica LRS En Clave Revolucionaria Noviembre Año 2013 N° 25 

Los cuatro años de gobierno de Laura Chinchilla han estado marcados por la retórica “nacionalista” en relación a Nicaragua: en la primera parte de su mandato prácticamente todo su “plan de gobierno” se centró en la “defensa” de la llamada Isla Calero, para posteriormente, en la etapa final de su administración, centrar su discurso en la “defensa” del conjunto de la provincia de Guanacaste que reclama el gobierno de Daniel Ortega como propia. Solo los abundantes escándalos de corrupción, relacionados con la Autopista San José-Caldera, los casos de ministros que no pagaban impuestos, así como el robo a mansalva durante los trabajos de construcción de la Trocha Fronteriza 1856 le pusieron límite a la retórica del equipo de gobierno, que claramente apostó a rivalizar con el vecino país del norte para encubrir sus negocios al amparo del Estado. martes, 19 de noviembre de 2013 Chovinismo y militarismo en Costa Rica bajo el paraguas del conflicto fronterizo con Nicaragua

    Liga de la Revolución Socialista (LRS - Costa Rica)

  • Grupo de la FT-CI (Uruguay) Uruguay Grupo de la FT-CI Estrategia Revolucionaria 

El año que termina estuvo signado por la mayor conflictividad laboral en más de 15 años. Si bien finalmente la mayoría de los grupos en la negociación salarial parecen llegar a un acuerdo (aún falta cerrar metalúrgicos y otros menos importantes), los mismos son un buen final para el gobierno, ya que, gracias a sus maniobras (y las de la burocracia sindical) pudieron encausar la discusión dentro de los marcos del tope salarial estipulado por el Poder Ejecutivo, utilizando la movilización controlada en los marcos salariales como factor de presión ante las patronales más duras que pujaban por el “0%” de aumento. Entre la lucha de clases, la represión, y las discusiones de los de arriba Construyamos una alternativa revolucionaria para los trabajadores y la juventud

    Grupo de la FT-CI (Uruguay)