FT-CI

Seção

Movimento Operário





  • França em chamas

    Os petroleiros: vanguarda do combativo proletariado francês

    21.10.2010 Desde 14/10, ás 22 horas, os trabalhadores da refinaria EXON MOBIL de Gravenchon (a segunda maior da França) estão em greve com bloqueio das instalações. Desta maneira, seguindo o caminho das refinarias do grupo TOTAL e de outras empresas menores, conseguiram o bloqueio de um setor chave da economia.

  • Argentina

    José Pedraza e a gangue da Unión Ferroviaria: assassinos

    20.10.2010 Comunicado do PTS sobre assassinato de um militante do Partido Obrero na Argentina A gangue organizada pela burocracia empresarial de José Pedraza da União Ferroviária na Argentina atacou a tiros o protesto de um grupo de demitidos ferroviários do Roca, assassinando o militante do Partido Obrero, de 23 anos, Mariano Ferreyra e ferindo a bala outros dois manifestantes.

    AUTOR PTS, Argentina
  • As tendências ã radicalização sob a ameaça das direções sindicais traidoras

    Histórica jornada de manifestação na França

    18.10.2010 Depois de três jornadas de mobilizações contra a reforma previdenciária desde o final do verão europeu (7 e 23 de setembro e 2 de outubro), o governo apostava a favor de um retrocesso das manifestações. Entretanto, é evidente que há um salto do movimento social, cuja perspectiva frente a ausência de direção ainda é incerta.

    AUTOR Ciro Tappeste , Juan Chingo
  • 29 de setembro - Estado Espanhol

    Greve Geral contra o governo de Zapatero

    29.09.2010 A dureza do ataque forçou a burocracia sindical a chamar ã mobilização geral. Uma greve, que coloca importantes desafios, sobretudo para quem apostamos que se converta em um despertar inicial.

    AUTOR Santiago Lupe
  • VII Conferência Internacional da Fraçãn Trotskista – Quarta Internacional

    Manu Georget, dirigente da CGT em Philips Dreux: 10 dias de controle operário na França

    23.08.2010 Durante a realização da VII Conferência da Fração Trostskista – Quarta Internacional, com delegados e delegadas das diferentes organizações que a conformam, La Verdad Obrera (jornal semanal do PTS, organização-irmã da LER-QI na Argentina) entrevistou Manuel Georget, dirigente sindical da CGT de Philips Dreux, da França, e militante do NPA (Novo Partido Anticapitalista) do “Coletivo por uma Tendência Revolucionária”. No começo de 2010, os trabalhadores da fábrica de televisores Philips Dreux da França mantiveram, durante 10 dias, uma experiência de controle operário frente ao anúncio da patronal de fechamento e demissões. Manu será orador no ato internacionalista em homenagem a Trotsky, neste domingo, 22, no estádio Racing, em Buenos Aires.

    AUTOR PTS, Argentina
  • Argentina

    A luta sindical, a luta política e a luta eleitoral

    17.08.2010 A tarefa dos revolucionários no movimento operário é impulsionar os fenômenos mais progressivos, potencialmente classistas e em perspectiva revolucionários, que vão se apresentando na luta de classes, como uma forma de colaborar na emergência de um movimento operário com independência política e de uma corrente revolucionária entre os trabalhadores.

    AUTOR Jonatan Ros
  • Crise econômica européia

    Grécia: novamente paralisada por uma greve geral

    04.07.2010 No dia 29 de junho, data em que se dava o início do debate parlamentar ao redor dos ataques e medidas impostas pelos organismos internacionais, FMI e a UE, os trabalhadores dos setores público e privado protagonizaram uma greve de 24 horas. A jornada de protesto teve um alto grau de adesão e paralisou a atividade do país.

    AUTOR Alejandra Ríos
  • No Brasil onde Serra, Lula e a burguesia atacam o direito de greve

    Trabalhadores da USP dão um exemplo impondo o pagamento dos dias descontados

    01.07.2010 Depois de 57 dias em luta, chegou ao fim a greve dos trabalhadores e trabalhadoras da USP. Apesar de não conseguir as principais reivindicações que motivaram a greve, como a luta pela recomposição da isonomia (igualdade de aumento salarial com professores), os trabalhadores conseguiram impôr o pagamento dos dias em greve, que foram descontados de forma arbitrária e ilegal pela Reitoria e pelo governo Serra.

    AUTOR LER-QI, Brasil
  • O debate programático não existiu

    O CONCLAT explodiu na disputa de aparato e de costas para a luta de classes

    19.06.2010 Entre 5 e 6 de junho realizou-se o Congresso da Classe Trabalhadora (CONCLAT) que buscava a unificação da CONLUTAS (coordenação sindical, popular e estudantil dirigida maioritariamente pelo PSTU) com a Intersindical (algumas correntes do PSOL). O encontro reuniu 3.000 delegados sindicais, observadores de correntes políticas e estudantis e convidados internacionais vinculados ao PSTU (LIT-QI) e ao PSOL (SU, UIT), terminou explodindo durante a discussão sobre o nome da nova central unificada. Apresentamos a declaração da LER-QI do Brasil.

    AUTOR LER-QI, Brasil
  • Congresso da Classe Trabalhadora - CONCLAT

    Lutemos por uma política revolucionária na nova central

    05.06.2010 Chamamos os trabalhadores e a juventude para conhecer a LER-QI, construir conosco uma ala combativa, classista e revolucionária na nova central, como parte da estratégia de construir a ferramenta política dos trabalhadores, que para nós deve ser um partido revolucionário internacionalista que resgate as melhores tradições do partido bolchevique e do trotskismo.

    AUTOR LER-QI, Brasil
  • Contra os planos de austeridade do FMI, da UE e do PASOK

    Quarta greve geral na Grécia

    05.06.2010 No dia 20/05, dezenas de milhares se mobilizaram nas ruas da Grécia durante a quarta greve geral do ano contra as medidas de austeridade impostas pelo PASOK (Movimento Socialista Pan Helênico), pelo FMI e pela UE.

    AUTOR LER-QI, Brasil
  • Europa

    Bloco de Esquerda de Portugal votou créditos de guerra contra os trabalhadores gregos

    05.06.2010 O Parlamento português votou recentemente um plano de “resgate” da União Européia para a Grécia, que exige uma série de ataques contra os trabalhadores. Nesta semana o governo grego anunciou a privatização de diversas empresas estatais para cumprir as imposições imperialistas. O plano contou com a votação de 16 deputados do Bloco de Esquerda (BE), uma coalizão ampla de distintas organizações de esquerda.

    AUTOR Luis Siebel
  • Bolivia

    Evo Morales reprime os camponeses e tenta conter a irrupção operária

    17.05.2010 O governo de Evo Morales enfrenta a crise política mais importante de seu novo mandato. Desta vez não se enfrenta com os representantes políticos da direita oligarca e latifundiária, mas que em meio a ataques repressivos a setores de sua própria base social como são os cocaleiros de Caranavi na região dos Yungas enfrenta uma irrupção operária que reivindica aumento de salário e luta contra as tentativas de aprovar leis pró-patronais como o novo Código de Trabalho.

    AUTOR David Dias
  • Entrevista em direto

    Greve geral na Grécia

    10.05.2010 No dia 5/5 os trabalhadores gregos protagonizaram a terceira greve geral do ano, enquanto o governo Giorgos Papandreou se prepara para votar o plano de ajuste. La Verdad Obrera (jornal do PTS da Argentina, organização irmã da LER-QI) entrevistou Stavros, militante da organização trotskista grega OKDE (Organização de Comunistas Internacionalistas da Grécia), que está participando no processo de mobilizações contra o plano de ajuste.

    AUTOR PTS, Argentina
  • Zona Norte da Grande Buenos Aires

    Grande encontro de trabalhadores no coração industrial da Argentina

    29.04.2010 O pátio de um colégio secundarista com bandeiras operárias a seu redor próximo aos balcões do primeiro piso, a poucas quadras do centro de Pacheco, foi o lugar eleito pela Comissão Interna (CI) de Kraft-Terrabusi para organizar um encontro operário da zona norte de Grande Buenos Aires.

    AUTOR PTS, Argentina
  • 1° de Maio classista, combativo e internacionalista

    Construa com a LER-QI este ato de 1° de maio da Praça da Sé

    23.04.2010 Para expressar um conteúdo classista, de luta contra a patronal, os governos capitalistas e a burocracia sindical, a LER-QI, junto com trabalhadores e estudantes independentes, ao lado as companheiras organizadas no Grupo Pão e Rosas, vai organizar um ato no 1° de maio da Praça da Sé.

    AUTOR LER-QI, Brasil
  • Tragédia no Rio de Janeiro

    No Brasil de Lula a promessa da potência emergente desmorona-se no barro

    17.04.2010 A tragédia do Rio de Janeiro proporciona um retrato gráfico do governo capitalista de Lula. A população atingida pelos desmoronamentos e enchentes é, sobretudo, a que vive em morros e favelas. Para a tragédia do Rio Lula destinou 0,06% do que distribuiu preventivamente a banqueiros e empresarios que, ao mesmo tempo, demitiam 1 milhão de trabalhadores.

    AUTOR LER-QI, Brasil
  • Inundações no Rio de Janeiro

    Aprofunda-se a catástrofe de uma tragédia anunciada

    13.04.2010 Sob as mãos de qualquer governo não atendem ás necessidades da população que tem que amargar sofrimentos enquanto as empreiteiras, indústrias e bancos se enriquecem. Por um verdadeiro plano de obras públicas controlado pelos sindicatos e organizações populares.

    AUTOR LER-QI, Brasil
  • Contra os planos de ajuste

    Nova greve geral na Grécia

    26.03.2010 No dia 11 de março, os trabalhadores gregos estiveram novamente no centro da cena política européia ao protagonizar sua terceira greve geral contra um novo plano de ajuste anunciado na semana passada pelo governo social-democrata de George Papandreou, um novo ataque ao trabalho, ás condições de emprego e ao custo de vida dos trabalhadores e setores populares.

    AUTOR Alejandra Ríos
  • Venezuela: Declaração de imprensa da LTS

    Frente ã violenta repressão ã marcha dos trabalhadores de Aragua

    13.03.2010 A Polícia Regional ignorou a licença solicitada pela UNETE e, sem medir palavras, atacou os trabalhadores com bombas de gás lacrimogêneo a mais de 600 trabalhadores que se preparavam para marchar, e dispersou o protesto contra as medidas econômicas do governo nacional de Chávez e exigindo o o julgamento e punição para os assassinos dos trabalhadores Richard Garcia, Luis Hernandez e Carlos Requena de vítimas de assassinos contratados, e a liberdade de sindical do líder Ferrominera Orinoco, Ruben Gonzalez de Guayana, e do chefe e Yukpa Sabino Romero. No momento do assalto pela polícia, ainda estavam para chegar centenas de trabalhadores de todo o estado de Aragua.

    AUTOR LTS, Venezuela
  • Terremoto no Chile

    Análises e declarações em direto

    12.03.2010 5ª declaração do grupo "Clase contra clase" sobre o terremoto no Chile: Ante a ameaça de estender o estado de emergência, gritar mais alto do que nunca: FORA AS TROPAS MILITARES DAS RUAS! ORGANIZAR A AJUDA OPERáRIA E POPULAR! Declaração em Solidariedade da Liga Estratégia Revolucionária, do Brasil Uma catástrofe natural que se transforma em SOCIAL Veja o website de Clase contra Clase do Chile

  • Secretaria de mulheres do sindicato de sapateiros de Franca e Pão e Rosas organizam debate

    Mais de 80 sapateiras de Franca participam de discussão em homenagem aos 100 anos de luta e resistência do 8 de março

    11.03.2010 Apesar da dupla jornada que pesa sobre a classe trabalhadora feminina de Franca, mais de 80 sapateiras estiveram presentes no debate junto a seus filhos e parentes. A mesa foi composta por Edvânia Angela de Souza Lourenço, Profa. de Serviço Social da Unesp de Franca; Diana Assunção, coordenadora da Secretaria de Mulheres do Sindicato de Trabalhadores da USP e integrante do Pão e Rosas e Maria da Graça Bá, coordenadora da Pastoral Afro-Descendente e membro do Conselho da Comunidade Negra de Franca. Coordenou a atividade Marta Roseli Pereira da Secretaria de Mulheres do Sindicato de Sapateiros de Franca e Tássia Correa, do grupo de mulheres Pão e Rosas Franca, que fez uma saudação a todas as sapateiras e trabalhadoras domésticas presentes no debate.

    AUTOR Pão e Rosas, grupo de mulheres
  • Declaração em Solidariedade da Liga Estratégia Revolucionária, do Brasil

    Uma catástrofe natural que se transforma em SOCIAL

    01.03.2010 Pouco mais de um mês após o terremoto que devastou o Haiti, e expôs aos olhos de todo o mundo a pobreza fabricada por séculos de saque imperialista, e pela opressão sofrida pela ocupação das tropas comandadas pelo governo Lula, chefe da MINUSTAH, e pelo imperialismo, agora são nossos irmãos chilenos que sofrem na pele as consequências da catástrofe natural que se transforma em social.

    AUTOR LER-QI, Brasil
  • Terremoto no Chile

    Por uma solução operária e popular frente a crise social

    28.02.2010 Discutamos um plano para a distribuição de alimentos e serviços básicos e cobertura de saúde, sob gestão das organizações operárias, estudantis e populares, como a CUT e a FECH, com financiamento estatal e dos empresários, e constituindo comissões de apoio com as famílias flageladas e chamando ã solidariedade e ã ação do conjunto dos trabalhadores.

  • Terremoto no Chile

    Logo da catástrofe natural, o desastre social

    28.02.2010 Aproximadamente ás 3:30 hs da madrugada do dia de ontem, produziu-se um dos mayores desastres naturais da história do país e o quinto na história mundial. A situação é verdadeiramente catastrófica para os setores operários e populares como mostra o número de danificados. Desde Clase contra Clase cremos que a situação catastrófica que estão vivendo as massas trabalhadoras e do povo pobre, só poderá ser resolvida integramente pelos próprios trabalhadores.

  • Solidariedade operária e popular

    A maior ajuda ao povo haitiano é a luta pela retirada das tropas de Lula, dos EUA e da ONU!

    26.02.2010 Junte-se a nós para colocar nas ruas, escolas e fábricas uma campanha que vincule a solidariedade ao povo haitiano com a luta pela retirada das tropas de Lula e para que ocorra uma frente-única, começando pela CONLUTAS-INTERSINDICAL e ANEL, que lute pela retirada das tropas brasileiras e coloque-se ativa e vivamente em movimento em solidariedade com nossos irmãos e irmãs haitianas.

    AUTOR LER-QI, Brasil
  • Um Partido que de trabalhadores só conserva o nome

    Lulismo e petismo depois de sete anos dirigindo o estado

    26.02.2010 Passo a passo a direção majoritária do PT foi neutralizando a base operária, colaborando com a transição negociada com os militares que deu origem ã “Nova Republica” e pavimentando o caminho pelo qual o PT chegou ao que é hoje, um partido com ótimo trânsito entre patrões e militares, um partido de figurões, parlamentares e arrivistas pequeno-burgueses sem nenhuma organicidade na classe operária.

    AUTOR Thiago Flamé
  • Com o orçamento de Obama

    Os trabalhadores continuarão pagando as guerras e a festa de Wall Street

    11.02.2010 No último 1° de fevereiro, o presidente norte-americano Barack Obama apresentou o orçamento fiscal para 2011, que será enviado ao Congresso. As cifras mostram que a economia norte-americana está no vermelho. Essas enormes somas de dinheiro estão destinadas essencialmente a financiar as guerras imperialistas e ao pagamento dos juros da dívida estatal, que passa a mais de 12 bilhões de dólares.

    AUTOR Claudia Cinatti
  • A tragédia haitiana

    Fora ianques do Haiti!

    29.01.2010 Alegando ajuda humanitária, os Estados Unidos, ocupam Haiti com o aval da ONU. Junto ao banco internacional querem aprofundar a submissão desse país ao imperialismo. Haiti: Solidariedade operária e popular com o oprimido povo haitiano

    AUTOR PTS, Argentina
  • Graves denúncias e chamado ã solidariedade do grupo haitiano Batay Ouvriye (Batalha Operária)

    A luta de classes que continua sob os escombros

    29.01.2010 Chamado ã solidariedade da classe trabalhadora mundial, e denúncia aos capitalistas e o imperialismo do grupo Batay Ouvriye (Batalha Operária) do Haiti.

  • O despertar de um dos maiores proletariados do mundo

    Raiva Operária na Índia

    07.12.2009 O proletariado hindu tem uma enorme força e está chamado a cumprir um importante papel na região. Demonstra isto quando para uma fábrica q deixa duas multinacionais paradas do outro lado do oceano. Demonstra isto quando une suas fileiras divididas pela patronal, se organiza para lutar e enfrenta a prepotência da patronal. Estes são os primeiros passos para que os capitalistas paguem pela crise.

    AUTOR Isabel Infanta

Jornais

  • EDITORIAL

    PTS (Argentina)

  • Actualidad Nacional

    MTS (México)

  • EDITORIAL

    LTS (Venezuela)

  • DOSSIER : Leur démocratie et la nôtre

    CCR NPA (Francia)

  • ContraCorriente Nro42 Suplemento Especial

    Clase contra Clase (Estado Español)

  • Movimento Operário

    MRT (Brasil)

  • LOR-CI (Bolivia) Bolivia Liga Obrera Revolucionaria - Cuarta Internacional Palabra Obrera Abril-Mayo Año 2014 

Ante la entrega de nuestros sindicatos al gobierno

1° de Mayo

Reagrupar y defender la independencia política de los trabajadores Abril-Mayo de 2014 Por derecha y por izquierda

La proimperialista Ley Minera del MAS en la picota

    LOR-CI (Bolivia)

  • PTR (Chile) chile Partido de Trabajadores Revolucionarios Clase contra Clase 

En las recientes elecciones presidenciales, Bachelet alcanzó el 47% de los votos, y Matthei el 25%: deberán pasar a segunda vuelta. La participación electoral fue de solo el 50%. La votación de Bachelet, representa apenas el 22% del total de votantes. 

¿Pero se podrá avanzar en las reformas (cosméticas) anunciadas en su programa? Y en caso de poder hacerlo, ¿serán tales como se esperan en “la calle”? Editorial El Gobierno, el Parlamento y la calle

    PTR (Chile)

  • RIO (Alemania) RIO (Alemania) Revolutionäre Internationalistische Organisation Klasse gegen Klasse 

Nieder mit der EU des Kapitals!

Die Europäische Union präsentiert sich als Vereinigung Europas. Doch diese imperialistische Allianz hilft dem deutschen Kapital, andere Teile Europas und der Welt zu unterwerfen. MarxistInnen kämpfen für die Vereinigten Sozialistischen Staaten von Europa! 

Widerstand im Spanischen Staat 

Am 15. Mai 2011 begannen Jugendliche im Spanischen Staat, öffentliche Plätze zu besetzen. Drei Jahre später, am 22. März 2014, demonstrierten Hunderttausende in Madrid. Was hat sich in diesen drei Jahren verändert? Editorial Nieder mit der EU des Kapitals!

    RIO (Alemania)

  • Liga de la Revolución Socialista (LRS - Costa Rica) Costa Rica LRS En Clave Revolucionaria Noviembre Año 2013 N° 25 

Los cuatro años de gobierno de Laura Chinchilla han estado marcados por la retórica “nacionalista” en relación a Nicaragua: en la primera parte de su mandato prácticamente todo su “plan de gobierno” se centró en la “defensa” de la llamada Isla Calero, para posteriormente, en la etapa final de su administración, centrar su discurso en la “defensa” del conjunto de la provincia de Guanacaste que reclama el gobierno de Daniel Ortega como propia. Solo los abundantes escándalos de corrupción, relacionados con la Autopista San José-Caldera, los casos de ministros que no pagaban impuestos, así como el robo a mansalva durante los trabajos de construcción de la Trocha Fronteriza 1856 le pusieron límite a la retórica del equipo de gobierno, que claramente apostó a rivalizar con el vecino país del norte para encubrir sus negocios al amparo del Estado. martes, 19 de noviembre de 2013 Chovinismo y militarismo en Costa Rica bajo el paraguas del conflicto fronterizo con Nicaragua

    Liga de la Revolución Socialista (LRS - Costa Rica)

  • Grupo de la FT-CI (Uruguay) Uruguay Grupo de la FT-CI Estrategia Revolucionaria 

El año que termina estuvo signado por la mayor conflictividad laboral en más de 15 años. Si bien finalmente la mayoría de los grupos en la negociación salarial parecen llegar a un acuerdo (aún falta cerrar metalúrgicos y otros menos importantes), los mismos son un buen final para el gobierno, ya que, gracias a sus maniobras (y las de la burocracia sindical) pudieron encausar la discusión dentro de los marcos del tope salarial estipulado por el Poder Ejecutivo, utilizando la movilización controlada en los marcos salariales como factor de presión ante las patronales más duras que pujaban por el “0%” de aumento. Entre la lucha de clases, la represión, y las discusiones de los de arriba Construyamos una alternativa revolucionaria para los trabajadores y la juventud

    Grupo de la FT-CI (Uruguay)